Rio Grande do Sul (RS)

O Rio Grande do Sul é um estado brasileiro que integra a Região Sul, sendo a unidade mais meridional do território nacional. A sede do governo estadual fica na cidade de Porto Alegre. O clima predominante no estado é o Subtropical, caracterizado por temperaturas amenas e invernos rigorosos, e tem relevo formado por planaltos e depressões.

Com 11.422.973 de habitantes (IBGE, 2020), o Rio Grande do Sul é o sexto estado mais populoso do Brasil e o segundo do Sul do país, representando cerca de 37,9% da população dessa região. De acordo com o Censo Demográfico de 2010, a distribuição populacional do estado era de 37,96 hab/km². Esse valor saltou para 40,54 hab/km², levando em conta os dados referentes a 2020.

Clique aqui para saber mais.

Santa Catarina (SC)

Santa Catarina é um estado brasileiro pertencente à Região Sul, fazendo fronteira com Paraná, Rio Grande do Sul e Argentina. Sua capital, Florianópolis, fica no litoral e consiste no segundo município mais populoso do estado. O relevo catarinense é marcado pela presença de planaltos e serras, bem como clima subtropical, com chuvas bem distribuídas e temperaturas amenas na maior parte do ano.

A população de Santa Catarina é de 7.252.502 de habitantes, conforme as estimativas do IBGE para 2020. É o estado menos populoso da Região Sul, embora seja o 10º em população do Brasil, reunindo uma parcela de 3,4% dos habitantes do território nacional.

Clique aqui para saber mais.

Paraná (PR)

Paraná é um estado brasileiro localizado na Região Sul do país. Possui clima predominantemente subtropical úmido e um relevo planáltico, com as maiores elevações concentrando-se no leste do estado. Sua economia é a quinta maior do país, destacando-se a indústria de transformação e a produção de grãos. No litoral paranaense fica o maior porto graneleiro da América Latina, o porto de Paranaguá. No oeste, por sua vez, na fronteira com o Paraguai, está situada a usina de Itaipu.

Conforme as estimativas do IBGE para 2020, o Paraná possui mais de 11 milhões de habitantes, constituindo o quinto estado brasileiro em população e o mais populoso da região Sul. A maior parcela dessa população vive nas cidades, sendo a taxa de urbanização de 85,3%, conforme o Censo de 2010.

Clique aqui para saber mais.

São Paulo (SP)

São Paulo é um estado brasileiro da região Sudeste. Trata-se da unidade de federação mais populosa do país, com 46 milhões de pessoas, e abriga também a cidade com maior concentração de habitantes do Brasil, que é a sua capital. O estado possui clima tropical e relevo caracterizado pela presença de planaltos e depressões. Ainda no século XX, São Paulo se tornou um dos principais centros econômicos do Brasil.

O estado de São Paulo é o mais populoso do Brasil. De acordo com as estimativas do IBGE para 2020, a população paulista é de 46.289.333 pessoas, valor equivalente a 21,9% da população brasileira. A densidade demográfica do estado era de 166,23 hab./km² à época do Censo de 2010. Atualmente esse valor chega a 186,48 hab./km², tendo em vista que São Paulo ganhou mais de cinco milhões de habitantes em uma década.

Clique aqui para saber mais.

Rio de Janeiro (RJ)

O Rio de Janeiro é um estado brasileiro situado na região Sudeste do país. É a quarta menor unidade da federação em área, mas a terceira mais populosa, reunindo 17,3 milhões de habitantes. Sua capital já foi também sede do governo brasileiro, entre 1763 e 1960.

O relevo do estado é composto por planaltos e planícies, e o clima é predominantemente Tropical. As belas paisagens naturais e a rica cultura fluminense fazem do estado um dos principais destinos turísticos no país.

Clique aqui para saber mais.

Espírito Santo (ES)

O Espírito Santo é um dos 27 estados brasileiros e se localiza na Região Sudeste do país. Consiste no quarto menor em extensão territorial, desconsiderando-se o Distrito Federal. Possui faixa litorânea de 400 km, e a maritimidade exerce grande influência no seu clima, que é predominantemente tropical úmido.

Com relação à cobertura vegetal, dispõe de características do bioma Mata Atlântica, no qual o estado está inserido. A economia do Espírito Santo é liderada pelo setor industrial, com destaque para a indústria extrativa. O estado é também um grande produtor de café.

Clique aqui para saber mais.

Minas Gerais (MG)

O estado de Minas Gerais localiza-se na Região Sudeste, a mais rica e mais populosa do país. Dessa maneira, Minas está entre os estados mais ricos do Brasil.

A população mineira é a segunda maior do Brasil, atrás do estado de São Paulo, o mais populoso. Toda essa população possui uma forte tradição, que é passada de geração em geração, como a figura dos benzedeiros e raizeiras, que usam remédios naturais como fonte de cura e medicina alternativa para quem os procura.

Clique aqui para saber mais.

Goiás (GO)

Goiás é um dos estados brasileiros que integram a região Centro-Oeste do país. Faz divisa com o Distrito Federal e outras cinco unidades federativas. O estado conta atualmente com 7,1 milhões de habitantes, sendo sua capital, Goiânia, o município mais populoso.

Está inserido no Cerrado e dispõe de clima predominantemente Tropical, com relevo marcado pela presença de planaltos e chapadas. Consiste na segunda economia da região, com destaque para a produção agropecuária e de etanol.

Clique aqui para saber mais.

Mato Grosso do Sul (MS)

O Mato Grosso do Sul é uma unidade federativa localizada na Região Centro-Oeste do Brasil. Tem como capital o município de Campo Grande, o mais populoso do estado. Sua paisagem natural é composta predominantemente por dois biomas, o Cerrado e o Pantanal, além de um relevo, em sua maior parte, plano. Trata-se de um grande produtor agropecuário, com destaque para a criação bovina e o cultivo de grãos.

É o estado menos populoso do Centro-Oeste, com 2.809.394 habitantes, o equivalente a 17% de toda a população da região. Além disso, reúne uma parcela de 1,3% da população brasileira, ficando na 21ª colocação entre os estados. À época do Censo Demográfico de 2010, a distribuição populacional era de 6,86 hab./km². Com os dados de 2020, tem-se um valor de 7,86 hab/km².

Mato Grosso (MT)

O Mato Grosso é um estado brasileiro que integra a região Centro-Oeste, tendo como capital o município de Cuiabá. É a terceira maior unidade federativa em extensão territorial, além de ser, atualmente, o maior produtor de grãos do Brasil, com destaque para a soja.

A população do Mato Grosso é de 3.526.220 habitantes, conforme as estimativas do IBGE para 2020. Esse valor corresponde a 1,7% da população brasileira e a 21,3% da população do Centro-Oeste, sendo a segunda unidade federativa mais populosa da região, atrás apenas de Goiás. A densidade demográfica do Mato Grosso é baixa, de 3,36 hab/km², à época do Censo de 2010. Atualmente, esse valor é de 3,9 hab/km², considerando os dados de população e área para 2020.

Clique aqui para saber mais.

Distrito Federal (DF)

O Distrito Federal é uma das 27 unidades de federação do Brasil. Está situado na região Centro-Oeste, fazendo divisa com os estados de Goiás e, em uma estreita faixa, com Minas Gerais, a sudeste. Sua área territorial é de pouco mais de 5,76 mil km², a menor unidade em extensão do Brasil. O Distrito Federal recebe esse nome por abrigar a sede do governo brasileiro.

A população do DF é de 3.055.149 habitantes, a 20ª entre as unidades de federação brasileiras. Tendo em vista a sua pequena área, pode-se considerar o DF um território densamente povoado, com distribuição de 444,66 hab./km² à época do Censo de 2010. Entre a realização da pesquisa e 2020, a unidade teve um ganho populacional de 484.989 habitantes. Com isso, a densidade demográfica subiu para 530,33 hab./km².

Clique aqui para saber mais.

Bahia (BA)

A Bahia é um estado brasileiro localizado na Região Nordeste. A população baiana é de 14,9 milhões de habitantes, a quarta maior do Brasil. O município de Salvador é a capital estadual e desempenhou o papel também de primeira capital brasileira entre os anos de 1549 e 1763.

A geografia do estado é caracterizada pelas planícies e depressões, bem como por dois tipos climáticos dominantes, o tropical e o semiárido. A economia baiana é a principal do Nordeste e se volta para o setor terciário e para a indústria de transformação.

Clique aqui para saber mais.

Sergipe (SE)

O Sergipe é um estado brasileiro que integra a Região Nordeste do país. Consiste na menor unidade da federação em extensão territorial. A capital sergipana é Aracaju, seu município mais populoso. Os tipos climáticos predominantes são o semiárido e o tropical úmido, respectivamente no oeste e no leste do território sergipano. O suco de laranja é o carro-chefe das exportações do estado, enquanto a cana-de-açúcar lidera a produção agrícola. Na indústria, o destaque fica com a construção civil.

Conforme as estimativas do IBGE para o ano de 2020, Sergipe possui uma população de 2.318.822 habitantes. Por ter uma área restrita, a sua densidade demográfica é alta, de 94,36 hab/km², de acordo com o último Censo do IBGE. Atualmente esse valor chega a 105,69 hab/km². O estado é, assim, um dos mais povoados do país, embora pouco populoso.

Clique aqui para saber mais.

Alagoas (AL)

Alagoas é um estado brasileiro que compõe a Região Nordeste, com capital no município de Maceió. Seu relevo é formado por depressões e planaltos, e os climas encontrados no estado são semiárido e tropical. A economia alagoana se destaca pela produção de cana-de-açúcar e pela indústria ligada a esse cultivo.

O estado de Alagoas possui 3.351.543 habitantes, conforme as estimativas do IBGE para 2020. Esse total é equivalente a 5,8% da população da Região Nordeste e 1,5% da brasileira. O território é densamente povoado, com distribuição populacional de 112,33 hab./km², à época do censo de 2010. Com os dados atuais, calcula-se que a densidade demográfica de Alagoas seja de 120,42 hab./km².

Clique aqui para saber mais.

Pernambuco (PN)

Pernambuco é um estado brasileiro localizado na Região Nordeste. Faz fronteira com cinco estados da mesma região: Alagoas e Bahia (sul), Piauí (oeste), Ceará (noroeste) e Paraíba (norte). Também é banhado pelo Oceano Atlântico, a leste. Sua sigla é PE.

Segundo estimativas do IBGE de 2020, Pernambuco contava com uma população aproximada de 9,6 milhões de habitantes, distribuídos em 185 municípios. Esse quantitativo torna o estado o segundo mais populoso do Nordeste e o sétimo mais populoso do país.

Clique aqui para saber mais.

Paraíba (PB)

A Paraíba é um dos estados brasileiros que formam a Região Nordeste. Situado entre o Ceará, Rio Grande do Norte e Pernambuco, o estado é composto pelas formas de relevo que caracterizam a Depressão Sertaneja e o Planalto da Borborema, além da planície litorânea a leste.

Os dois tipos climáticos predominantes são o semiárido e o tropical quente e úmido. A economia paraibana é liderada pelo setor terciário, seguido da indústria, sobretudo da construção civil e da produção de couros e calçados. Na agricultura, a cana-de-açúcar se sobressai.

Clique aqui para saber mais.

Rio Grande do Norte (RN)

O Rio Grande do Norte é um estado brasileiro que compõe a Região Nordeste. Sua capital é o município de Natal, no litoral leste. Pertence ao território potiguar o Atol das Rocas, formação única no Atlântico Sul e patrimônio natural mundial pela Unesco.

O relevo do estado é formado em sua maioria por depressões, e o clima predominante é o tropical, com variações regionais. Em termos econômicos, o Rio Grande do Norte desponta como principal produtor de camarão e de sal marinho do Brasil.

Clique aqui para saber mais.

Ceará (CE)

O Ceará é um estado brasileiro da Região Nordeste, localizado na sub-região do Sertão nordestino. Caracteriza-se pelo clima tropical semiárido, marcado pelos baixos índices pluviométricos e longos períodos de estiagem.

Na economia, destaca-se pela produção de couro e produtos derivados, matéria-prima essa empregada também no artesanato. Com mais de 9 milhões de habitantes, o Ceará é um dos estados mais populosos do Nordeste. O estado é atualmente o terceiro em produção de energia eólica do Brasil.

Clique aqui para saber mais.

Piauí (PI)

O Piauí é um estado brasileiro que forma a Região Nordeste do país, com território que se divide entre as sub-regiões do Meio Norte e Sertão. Sua capital é o município de Teresina, também o mais populoso do estado. No total, o Piauí possui 3.281.480 habitantes. A pecuária consiste em uma importante atividade econômica desenvolvida no estado.

Consiste em um dos estados menos populosos da Região Nordeste, representando uma parcela de 5,7% da população regional e apenas 1,6% do país. Sua densidade demográfica, quando foi realizado o Censo de 2010, era de 12,4 hab/km². Levando em consideração os valores atualizados de população e área, temos uma distribuição de 13,03 hab/km².

Clique aqui para saber mais.

Maranhão (MA)

O Maranhão é um estado brasileiro situado na Região Nordeste do Brasil. O seu território foi objeto de disputa entre diversos povos europeus, mas os portugueses mantiveram o domínio da região. A cultura maranhense é resultado da influência das populações que ocuparam o estado ao longo da sua colonização. A sua capital, São Luís, possui um centro histórico muito conservado. A população maranhense está concentrada no litoral e nas cidades médias do interior do estado.

O governo maranhense é composto pelas esferas executiva, legislativa e judiciária. O estado apresenta baixos indicadores sociais. A sua economia está ancorada no setor produtivo primário. Contudo, apesar das dificuldades econômicas, o Maranhão possui uma importante rede de transportes, que impulsiona a exportação de mercadorias locais. O estado guarda, ainda, grandes belezas naturais em razão de uma geografia diversa, que é um fator impulsionador do turismo na região.

Clique aqui para saber mais.

Tocantins (TO)

O Tocantins é um estado brasileiro que compõe a Região Norte do país. Foi estabelecido em 1988 e oficializado no ano seguinte, sendo, por isso, considerado a mais jovem unidade de federação do território nacional. Sua população atual é de 1,59 milhão de habitantes, sendo a capital, Palmas, o município mais populoso. Integra o bioma do Cerrado e possui clima predominantemente tropical. Na economia, têm destaque a pecuária bovina e o cultivo de soja.

É o 4º estado menos populoso do Brasil, abrigando 0,7% da população nacional. Em escala regional, o Tocantins é o 4º em população, com 8,5% dos habitantes do Norte do país. Quando da realização do último censo (2010), possuía uma densidade demográfica considerada baixa, de 4,98 hab/km². Com os dados recentes, esse valor subiu para 5,73 hab/km², mantendo-se abaixo da média nacional, mas superior à da Região Norte.

Clique aqui para saber mais.

Pará (PA)

O Pará é um estado brasileiro localizado na Região Norte, tendo como capital o município de Belém. Trata-se da segunda maior unidade da federação depois do Amazonas, com área de 1,24 milhão de km². O estado pertence ao bioma amazônico e, por isso, predomina o clima equatorial, além da cobertura vegetal formada por florestas e cerrados em uma pequena parcela ao sul. A economia paraense, liderada pelo extrativismo mineral e vegetal, é a maior da Região Norte.

É o estado mais populoso da região Norte, concentrando 46,5% da sua população. Conta atualmente com 8.690.745 habitantes, segundo as estimativas do IBGE para 2020. No ranking nacional, a população paraense fica na 9ª colocação. A distribuição populacional era de 6,07 hab./km², à época do Censo de 2010. Após um ganho de 1,1 milhão de habitantes em uma década, calcula-se que a densidade demográfica subiu para 6,97 hab./km², o que caracteriza um território pouco povoado.

Clique aqui para saber mais.

Amapá (AP)

O Amapá é um dos estados da região Norte do Brasil, localizado em dois hemisférios: Norte e Sul. O estado faz fronteira com: Pará, a oeste e sul; Guiana Francesa e Suriname, a noroeste; Oceano Atlântico, a norte e leste; foz do Rio Amazonas, a leste e sudeste.

A população amapaense conta com 861.773 pessoas, segundo estimativas do IBGE em 2020, sendo 512 mil apenas na capital, Macapá. O estado apresenta muitos imigrantes de países fronteiriços com o Brasil, como Venezuela, Guiana Francesa e Suriname, com grande expressividade em Oiapoque, cidade no extremo norte do Amapá.

Clique aqui para saber mais.

Amazonas (AM)

O Amazonas é um estado brasileiro da região Norte, com capital em Manaus. É a maior unidade da federação em extensão territorial. A cobertura vegetal amazonense é formada pela Floresta Amazônica, que abriga a maior biodiversidade do mundo. Corre também pelo estado o rio Amazonas, mais volumoso do planeta e segundo mais longo. Fica no estado a Zona Franca de Manaus, importante área industrial do país.

Conta com 4.207.714 habitantes, sendo o 13º estado em população do Brasil e o 2º da Região Norte. Em termos relativos, a população amazonense equivale a 22,5% de todos os habitantes da região. Com ampla superfície territorial, a densidade demográfica do estado é uma das mais baixas do país. Os dados do Censo de 2010 apontam um valor de apenas 2,23 hab./km². Atualmente, essa cifra é de 2,69 hab./km².

Clique aqui para saber mais.

Acre (AC)

O Acre está situado no Norte do Brasil, em uma região de fronteira, mais precisamente com a Bolívia e o Peru. Historicamente, o Acre pertencia à Bolívia e foi anexado ao Brasil por meio de acordos diplomáticos. O ciclo da borracha foi crucial para a anexação do Acre ao território brasileiro.

O Acre possui cerca de 890 mil habitantes, sendo um dos menores estados em população absoluta e relativa do Brasil. A população acriana foi formada, em especial, por descendentes de tribos indígenas da região assim como por brasileiros que migraram para ela desde o século XIX. Na atualidade, a população estadual apresenta taxas de crescimento, apesar da estagnação econômica e das condições de vida, principalmente do ponto de vista sanitário, ruins.

Clique aqui para saber mais.

Rondônia (RO)

Rondônia é uma das 27 unidades de federação do Brasil e integra a Região Norte. Inserido no bioma Amazônia, o clima do estado é o Equatorial Quente e Úmido. Sua cobertura vegetal é composta por florestas e encontra-se, em algumas áreas, espécies de Cerrado.

De relevo pouco acidentado, corre pelo estado o Rio Madeira, no qual está instalada a hidrovia do Madeira, pela qual se realiza o transporte de passageiros e cargas. A atividade extrativista possui grande importância na economia do estado, com destaque para a produção de borracha e madeira. Na agricultura, a soja é hoje a principal lavoura.

Clique aqui para saber mais.

Roraima (RR)

Roraima é um estado brasileiro localizado na Região Norte do país. Ele abriga o ponto mais setentrional do território nacional, o Monte Caburaí. Inserido no bioma Amazônia, tanto a cobertura vegetal quanto o clima apresentam variações de uma área do estado para a outra, diferenciando-se principalmente entre oeste e leste. Roraima é o estado menos populoso e menos povoado do Brasil.

Roraima é o estado menos populoso do Brasil. Sua população atual é de 631.181 habitantes, de acordo com as estimativas do IBGE (2020). A unidade é também a menos povoada da federação, com densidade demográfica de 2,01 hab/km², conforme o último Censo (2010).

Clique aqui para saber mais.